COLÔNIA FINLANDESA DE PENEDO/BRASIL ITATIAIA - R.J. - Travessa da fazenda nº 45 Em meio a mata atlântica, à margem do Rio das Pedras, (ao fundo o pico do Penedinho) este é o nosso pequeno Paraíso !
ATELIER & TEARES
"SUOMALAISET KANGASPUUT" TEAR FINLANDÊS "VALTONEN" 4Qd. 6Pd - MEU XODÓ. Eu mesmo o construí, com a ajuda do finlandês Niilo Valtonen, o primeiro fabricante de teares manuais do Brasil. Na época ele estava bem idoso e ja havia fechado sua pequena fábrica de teares, mas ficou muito feliz em saber que eu construiria um tear de 4 quadros e 6 pedais. Me cedeu todos os prospectos e me ajudou dando dicas para construção; E também alguns livros técnicos de tecelagem em finlandês que eu nunca entendi, mas aprendi a ler os gráficos que me ajudam até os dias de hoje.

13 de novembro de 2008

Tecendo com os Cegos e Deficientes Visuais!

1# O início:Vendo com os dedos! Sarja/tafetá


“Tecendo com os Cegos e Deficientes visuais” é a seção mais especial deste site, que eu abri, quando percebi que poderia ajudar a mim mesmo, e também a todos os que desejam transpor as barreiras, e superar os seus limites!

Com a autorização de Maria Isabel (esta sim! minha verdadeira professora!), passaremos a relatar, nesta seção, através de nossas conversas por imeious, como é possível remover os enormes obstáculos (de ambas as partes!), e esperamos poder ajudar a tantos outros que se encontrem na mesma situação!

Eu definitivamente não sei como expressar em palavras este grande presente que Deus me deu!

Acredito que se não fosse a ajuda autorizada por Ele, eu jamais teria tanta fluência didática, para expressar detalhadamente algo que ninguém nunca me ensinou; a arte da Tecelagem artesanal!

Acredito verdadeiramente no texto de apresentação, descrito na abertura deste blog/site!

Tudo começou quando recebi este comentário:


“ Olá! Rodrigo!

Sou portuguesa, chamo-me Isabel.
Tenho, uma característica especial, penso eu. Sou deficiente visual, e, adoro, tecer (... ...)

Tenho, muita pena, quando ando à procura de esquemas de tecelagem, apareçam todas em fotos. Sabe onde possa encontrar esquemas escritos? Ou será, que, tomando como desafio, me possa ajudar? No meu mail vou tentar enviar-lhe uma foto de um dos meus trabalhos.
Trabalho com um tear de alavancas. Sabe do que estou a falar? Este tear tem um pente e 4 qds, e, eu, movimento os qds em vez de ser com os pedais tenho uns manípulos que puxo e que levanta o ou os qds que quero.
Vou ficar por aqui, como 1ª conversa. Quem sabe possamos começar aqui um excelente contacto.
Obrigada por existir!
Maria Isabel “

Maria Isabel disse isso em 23 Outubro, 2008 às 6:46 am (editar)


----- Original Message -----

From: Rodrigo

To: Maria Isabel

Sent: Thursday, October 23, 2008 2:04 PM

Subject: Resposta ao Comentário deixado à Tecelagem Artesanal por Rodrigo Tecelão!

Olá Maria Isabel!
Fiquei muito feliz com sua visita ao meu espaço (sitio)! (... ...)
Agradeço a que tenhas atravessado o tão vasto oceano, para me visitar! rsrs!

Quanto a tua especialidade Visual (e eu sei bem a que tu te referes!) a que graduação te encontras? necessitas de escritos em Braile?

Pois se são somente escritos comuns, podes Salvar, Gravar, e imprimir no papel a todos os textos de meu sítio; e encontras também em tua terrinha, bons livros de tecelagem; sendo um deles:

'A tecelagem' - Coleção artes e ofício - autora Marylène Brahic - Editorial Estampa Ltda - Lisboa 1998.

Eu tão sómente conheço ao tear de Alavancas, como possuo um, porém de apenas 2 quadros!

Gostava muito de conhecer o teu trabalho, aguardo a tua foto! (... ...)

Sou muito grato a ti por tua visita!

Á propósito; sou "meio" deficiente visual; tenho apenas um olho que funciona (rsrsrs!) e somente com a ajuda de óculos!

Eu agradeço a Deus que isto me tenha ocorrido ainda na infância, hoje percebo que esta perda foi essencial para que eu me transformasse em uma pessoa melhor, e capaz de compreender aos nossos semelhantes!


From: mariaIsabel@...
To: rodrigo.tecelao@hotmail.com
Subject: Re: Resposta ao Comentário deixado à Tecelagem Artesanal por Rodrigo Tecelão!
Date: Fri, 24 Oct 2008 08:54:33 +010

Olá!

Sou cega total, ceguei por causa da diabetes, aos 20 anos de idade, e, agora tenho 38 anos.

Também, sinto, que as capacidades que possuo, são Dons (...)

Quanto, à consulta de livros ou textos, sobre qualquer assunto, senão for através da Internet ou em Braille, não tenho qualquer acesso aos mesmos. As pessoas que me rodeiam, não tem qualquer conhecimento na área, e, muitas vezes sentem-se intimidadas, para me transmitirem o que está na foto, não sabem por onde começar.

Por exemplo:

Sei que o tafetá tem a remissa, (maneira como se distribui os fios nos liços), 1 2 3 4 .

E a pedalagem ou ordem de marcha é: 1-3 2-4, 1-3 2-4...

A sarja é:

Remissa- 1 2 3 4 , 1 2 3 4, ...

A pedalagem é: 1-2 2-3 3-4 4-1, ...

ou ainda, 1 2 3 4, 1 2 3 4, ...

e ainda, 1, 1-2 2 2-3 3 3-4 4 4-1, ...

Gostava de aprofundar o conhecimento sobre mais algumas formas de construção dos tecidos.

faço ainda algumas brincadeiras, conforme vou tendo acesso directo no trabalho, pois é a única forma de eu construir o resultado final, do cruzamento entre a teia e a trama. Ou seja, é nas pontas dos dedos que vejo a imagem.

É fabuloso!!! É lindo!!! Fantástico!!! Sou fascinada por isto.

O que eu pretendia, seria, se possível, esquemas escritos, não sei, se me estou a fazer entender?

Uma boa forma, é, a digitalização dos livros, em que todo o texto, usando o leitor de tela, eu consigo ler.

Por vezes nos sítios (sites) conforme a construção deles, não é possível aceder à informação.

Rodrigo, não querendo incomodá-lo mais, agradeço, a sua resposta tão carinhosa.

Sobre os momentos mais difíceis, Deus, não nos deixa, passar por coisas, que não tenhamos forças, para as ultrapassar.

Nós sabemos que tudo passa, e, no tempo da recuperação, estamos mais fortes ainda!

Fique com a Serenidade, do Espírito Santo, pois Ele, consola, cura e eleva-nos, para que possamos dar testemunho de Deus na terra.

É para isso que nós existimos!

Todas as bênçãos para si e para todos os seus!

Maria Isabel



Olá!

Estas imagens são panos de tabuleiro, ou, podem ser usado também, como individuais, para refeição, ou, ainda como panos de decoração, em Portugal, chamamos naperons.




Fotos de um pano de mesa.



Por favor, se, não for muito incómodo, diga-me alguma coisa. Muito obrigada!

Maria Isabel



De: Rodrigo

Para: Maria Isabel


Ora Ora, mas quem poderia dizer que tu és cega, vendo as fotos destes lindos trabalhos?
Teces melhor do que muitos que enxergam! rsrs!
Tu te fazes entender muito bem.
Como funciona este leitor de tela?
Os textos de meu sitio são acessíveis a tí?
Necessita de algum tipo de letra especial para ser mais "legível" ao seu leitor de tela?
Faço estas perguntas meio técnicas, pois acredito que com calma e tempo eu saberei como descrever os gráficos e receitas de tecelagem para os seus padrões de leitura digital. (... ...)
Conseguirias tecer em um tear de pedais?
Tu tens noção de onde fostes cair? a quem tu encontrastes?
rsrsrs! (risos!)
Acho que por enquanto é só!
Nos falamos mais, pois assunto não nos faltará!
Deus p/ti e os teus!

PS: O que achas de meu portubrás? rsrsrs!
Mistura do portugues de portugal com o portugues do Brasil!
Me faço entender, ou faço papel de pateta (sabes o que é isto?) aos teus olhos (ou dedos! rsrs)?
Gosto do tratamento por "Tu" acho bonito, ca ao Brasil não nos tratamos assim!

Escrevi-te (ai! será isto mesmo!) com letras normais estilo "Arial", grandes e em "negrito" na cor verde que gosto muito pois é a cor da natureza!

Tchau!


De: Maria Isabel

Para: Rodrigo

Bom Dia!

Gostou? Parece-me que sim! É ou não é, a Força Divina, a funcionar em mim?

Sabe, concerteza, o que é, imaginar um padrão, executá-lo, e, a seguir, começar a perceber, que o que imaginamos, está ali. (... ...)

Sobre o leitor de tela. Este funciona, normalmente, em texto. Não necessita de tamanho especial de letras, nem, cor. Nós, em Portugal, chamamos, leitor de ecrã, mas, sei, que no Brasil, chamam, leitor de tela.

O que é um leitor de tela?

É um programa que se instala, num pc normal, uso um teclado normal. A única diferença, em relação aos outros utilizadores, é que, ao utilizar o pc, sou acompanhada por uma voz, que me transmite toda a informação escrita que vai surgindo na tela. Não vou poder usar o Windows Vista, porque, como é muito gráfico e não tem texto, não consigo, obter qualquer informação.

Por exemplo: Quando abro uma foto, tenho a informação de que se trata de uma imagem e nada mais.(... ...)

Penso, que uma boa solução, seria, textos em Word, ou copiados e colados aqui mesmo na mensagem. Mas conversando, chegamos lá!!! Somos ou não somos, Gente de Fé? rsrsrs!

Em relação ao tear de pedais, também já teci num. não senti tanta confiança, pois, é necessário pisar os pedais em simultâneo, o que por vezes não acontece, e, ao passar a navete com fio da trama não passa correctamente. gosto mais do de alavancas porque ao levantar as que quero, ficam todos os fios ao mesmo nível.

Como sabe, não sei se estou a falar do mesmo que você conhece. o tear de pedais que conheço é:

Cada pedal corresponde a um quadro. É assim o seu? Sei que existem muitas formas de construção de teares, e, por vezes posso estar errada na interpretação que faço.

Para mim, o tear de pedais e de alavancas, tem a mesma base, ou seja, assim como a cada pedal, corresponde um quadro, no de alavancas passa-se exactamente a mesma coisa, a cada alavanca, corresponde um quadro.

Agora, sobre o nosso, portubrás! Como é o meu?

Na minha escrita, sente-se aquela rigidez, ou, aquele tom muito sério, que os brasileiros dizem que os portugueses tem? rsrsrs!

Sempre que o objectivo, seja comunicar, trocar experiência, nunca fazemos figura de patetas! Rsrsrs!

Somos, Sim, Seres de espírito elevado! Abertos ao conhecimento! Não É!

Desejo-lhe um excelente fim-de-semana com A Graça de Deus, e, Rodeado por quem mais ama e o Ama também!

Porque, eu, aqui do outro lado do oceano, vou fazer o mesmo, e, agora mais preenchida, com a nova amizade, que está a crescer.

Vamos regar a nossa Amizade? Rsrsrs!

Tchau!!!

-------------------------------------------------------------------

2# A "visibilidade" dos tecidos: Texturas (Reps) & Xadrez

From: maria isabel@...
To: rodrigo.tecelao@hotmail.com
Subject: Re: Tear de pedal e Blogs no sapo!
Date: Wed, 5 Nov 2008 12:25:25 +0000

Olá!

Bom Dia, Alegria!

Como está?

Comigo, está tudo bem!

(... ...)Pelo meu discurso tão básico!!! É verdade, sou muito novata, no que toca à informação teórica sobre teares, ou, pelo menos sinto que não tenho segurança no que digo. Perdoe-me a ignorância!!! Mas, parece-me, que estou a lidar com um mestre, e, estou pronta, com toda a humildade, para aprender. Por favor, corrija-me, sempre que ache necessário, pois só assim, tenho consciência dos enganos, erros, etc... (... ...)

Sabe, o que, eu gostava muito? E até hoje ainda não encontrei?

Gostava, que, surgisse alguém, com paciência de Santo, (rsrsrs!), que, usando, a visão, me explicasse como se cruzam os fios, ou seja, quando se vê mais trama e quando é que se vê mais teia.

Os esquemas de xadrez, os espinhados. Não precisa de me dar medidas, pois isto, varia consoante o tear que temos e o que queremos fazer.

Mas, em relação, ao xadrez, como faço a urdidura, qual a remissa, e qual a pedalagem. Sou muito exigente? Cansativa? Se não tiver tempo e paciência, peço desculpa!!! Tente entender-me! Só tenho falta de informação, e, muita vontade de fazer!!! Gosto muito de partir para novas descobertas!

Por hoje é tudo!

Que Deus continue a abrir todos os caminhos na sua vida!!! Bem haja!!! Obrigada por existir!!!

Isabel Cardoso

De: Rodrigo

Para: Maria Isabel

Ora! Ora!
Se não é a fantasminha sumida e que reapareceu "Atrás-dos-montes" e dos oceanos também! rsrsrs!
Por aqui tudo anda bem; muito calor e muita chuva, pois estamos próximos ao verão brasileiro!
responda-me o seguinte:
O seu ecrã (Eita! viu como aprendi rápido! rsrs!) lê somente o texto principal de cada página do sitio, ou lê tudo o que encontra-se na tela, incluindo as colunas laterais que contém informações adicionais, tais como o índice do sitio, links para outras paginas, pequenos textos, etc... ? (... ...)
A propósito tu me autorizas a postar parte destas nossas correspondências carinhosas para que todos saibam como este espaço esta sendo construido? E claro as fotos de seus trabalhos também! E se possível, um dia, fotos de seu tear e suas também!

Mudando de assunto.

Vamos ao que interessa!

Quanto aos tipos de tecidos, temos 2 situações bem distintas:
Temos os tecidos Lisos, que são feitos com o ponto simples de tafetá (cuja remissa e ordem de marcha já conheces bem); e temos os tecidos com texturas , tramados com os pontos sarja, espinhados, etc... (com a mesma remissa e cujas ordens de marcha também conheces, pois já me mostraste em imeious anteriores)

Quanto a parte mais aparente do tecido, aqui chamamos de "reps".

Reps de teia: quando a teia aparece toda, e a trama fica totalmente escondida (só é possível tecê-la em teares de faixas ou teares chilenos (do Chile) de faixas bem largas e tapetes.

Reps de trama: quando somente a trama aparece, e esconde completamente a teia ( é tramado com o ponto tafetá e fazendo angulos, assim como telhados de casa, em cada trama, é usada para tapetes e tecidos bem fechados ou densos).

Reps equilibrada: quando trama e teia aparecem em conjunto, pode ser tramado com o ponto tafetá (sem angulo, a trama passa reta na abertura da cala) e também com os pontos de textura sarja, espinhados etc...

O Xadrez é o encontro das cores da teia com as cores da trama e ele aparece sempre que se tece com reps equilibrada.
você pode fazer xadrez liso com o ponto tafetá; e também xadrez com texturas com ponto sarja ou ponto espinhado; em qualquer uma destas situações o xadrez aparece.
Para o Xadrez (seja ele de que tipo for) usa-se sempre a mesma seqüência de cores na teia, assim como também na trama.

O menor xadrez que existe, é Frances e chama-se "pied de poule" (pé de galinha)
A teia compõe-se de 2 fios claros, 2 fios escuros, 2 fios claros, 2 fios escuros...etc...
Trama-se as mesmas cores usadas na teia, e na mesma seqüência: 2 tramas claras, 2 tramas escuras; 2 tramas claras, 2 tramas escuras...etc...

Para tramá-lo, use 2 navetas cada uma com uma cor, uma delas à tua direita (ela vai e volta para a sua direita) e a outra à sua esquerda (ela vai e volta para a sua esquerda) uma de cada vez!

É mais fácil que beber água..........do mar! rsrsrs!

Percebeste? ein? ein? ein? rsrsrs!

Se aumentas as seqüências de cores e o numero dos fios na teia, aumenta-se também a mesma seqüências de cores na trama.
Não importa a seqüências de fios e cores usadas na teia, importa sim que a seqüências de tramas seja exatamente igual a da teia para aparecer o xadrez!
Creio ter me feito compreender! Será???

Qualquer dúvida me pergunte!
E não me esqueças! desejo notícias tuas!
Deus proçê sempre!
Rodrigo

-------------------------------------------------------------------

3# Batimento da Trama: Encolhimento e Ângulos


De: Maria Isabel

Para: Rodrigo

Olá, Olá!!!

Bom Dia, Brasil!

Você, é, mesmo um Abençoado por Deus! Bem haja!!!

espectáculo!!! Como estou feliz!

Quanto às nossas trocas de impressões; claro que pode utilizá-las.

Em relação à informação que surge na tela, eu, com o leitor de tela, só consigo aceder ao texto principal. Sobre estas coisas de construção de páginas Web, não percebo nada, sou mera utilizadora, mas, sei que o melhor formato é em html, o que isto significa, não sei.

Adorei as suas explicações! Fiquei, completamente , esclarecida, em relação à construção do xadrez. Só não fez referência à forma como se faz o batimento da trama, ou seja, a cada passagem da navete, qual a melhor maneira de encostar o pente, pois sei que interfere no resultado que desejamos. Penso não estar a dizer nenhum disparate!!! rsrsrs! (... ...)

Olhando para trás, posso sentir-me hoje, muito feliz! Já cresci muito, já me riu muito de mim, e, sinto-me muito bem comigo mesma.

Isto tudo para lhe dizer: Este nosso encontro, não só me está a ser útil, como, penso que possa ser útil para muitas outras pessoas. Por exemplo, aquelas pessoas que estão a começar a dar os primeiros passos, vão ter acesso a explicações pormenorizadas, pois pelo facto de eu não ver, e, o Rodrigo ter que descrever tudo, vai com certeza ajudar quem encontrar estas nossas conversas.(... ...)

Penso, que a melhor forma de aprender, é, interiorizar a matéria que queremos, ou seja, que ao falarmos sobre teias, tramas, pontos, estes mesmos nos apareçam no cérebro, como imagens, sem que seja necessário estarmos com as coisas à frente dos olhos. Falo do raciocínio abstracto, que é excelente, para quem não vê! Quando, estou a ouvir o que me diz, em relação às coisas da tecelagem, estou a fazer uma visita guiada a todo o conhecimento que já tenho no meu cérebro. O ser humano é fantástico! Não é? E então, quando se propõe Servir a Deus, como objectivo principal de vida, é ainda mais fantástico! Pois, Deus, é Amor, Sabedoria, Serenidade, é tudo de Bom!

Já me alonguei muito!

Desejo-lhe, um Abençoado fim-de-semana, ou por outra, um Abençoado final de semana! rsrsrsrsrsrsrsrs!

Isabel Cardoso

De: Rodrigo

Para: Maria Isabel

Oi minha linda!
Desculpe a demora!
Hoje finalmente saiu o sol após vários dias de chuva constante; tivemos muitas tempestades com raios e trovões, típicos de nosso país tropical (o que muitas vezes nos impede de ligar os computadores, eles podem queimar!).(... ...)
Passadas as chuvas, vamos agora ao que interessa!

Batimentos da trama.

Tecer, é jeito e não força! não se bate mais forte ou menos forte! Criamos sim condições para que a trama encoste mais ou menos umas nas outras independente da força aplicada ao batimento do pente! (Como assim? ein? ein? ein?)

Creio eu que os pentes de se pentear os cabelos em Portugal, sejam iguais aos pentes do Brasil (Afinal, cabelos são cabelos e pentes são pentes, em qualquer lugar do planeta! Rsrsrs); pois bem, vamos lá!

Imagine que num pente de cabelo, cada dente representa um fio da teia.

Pegue um fio fino que representa a trama, e vá zig-zageando (sabes o que é isto?) traçando um circuito com este fio entre cada dente do pente, um por cima ,um por baixo, um por cima, um por baixo, etc... até completar todos os dentes do pente de cabelo. Agora corte-o e retire-o do pente.

Ao retirares fora este fio que representa a trama, perceberás que ele é bem maior do que o comprimento total do pente de cabelo (Captou? Percebestes? Ein? Ein? Ein?)

Isto mesmo; o comprimento da trama necessária é sempre maior do que a largura total da teia; por isso os tecidos costumam encolher tanto enquanto tecemos!

Corrigimos isso fazendo um ângulo (como um telhado de casa) em cada trama passada, antes de bater o pente.

Voltemos agora aos REPS ! (lembra-se?)

- Reps de teia - A trama passa bem reta e perpendicular à teia (nestes teares não existe o pente a separar os fios e a trama fica totalmente escondida sob a teia). Em outra ocasião detalharemos este assunto e estes teares!

- Reps de trama – é quando a teia fica completamente escondida sob a trama, para isso fazemos com a trama um ângulo de telhado de casa (equivalente a um triangulo retângulo, ele tem este nome aí em Portugal? Onde a base maior deste triangulo imaginário, é a trama anterior que foi feita, no tecido já pronto!), assim o fio da trama ao mudar-se a posição dos quadros, pode moldar-se em seu circuito, sem repuxar a teia em suas laterais.

- Reps Equilibrada – É quando teia e trama aparecem igualmente, compondo um desenho ou uma textura, ou os dois juntos (desenho e textura), Para isso fazemos com a trama, apenas uma leve curvatura (o suficiente para que o tecido não estreite demais repuxando a teia nas laterais) (... ...)

Continuando:

Observações importantes:

- Quanto mais alto o ângulo da trama, mais ela se molda, escondendo a teia, porém o tecido vai ficando mais frouxo nas laterais. (ideal para tapetes e tecidos densos e bem fechados)

- Quanto mais baixo o ângulo da trama menos ela se molda, a teia aparece mais, porém o tecido vai apertando e repuxando nas laterais. (ideal para mantas, Xales, xadrezes, cachecóis, e tecidos finos e mais abertos)

- Há de se encontar um meio termo, com a experiência adquirida na prática!

Seqüência de procedimentos:

1º - Passar a trama com a naveta

2º - Fazer o ângulo desejado

3º - Trocar a posição dos quadros para a próxima trama (fazendo isso prenderás o ângulo da trama em sua devida posição)

4º - E só então baterás o pente sem força (se bateres o pente antes de trocar a posição dos quadros, o ângulo que tu fizeste vai se desmanchar e ficar uma Éca, toda torta! Rsrsrs!).

Eita! Acho que consegui! Obrigado Pai!

Então minha linda! Depois deste agradável, e prazeiroso trabalhão, estarei ansioso por sua resposta!

Conte-me mais sobre ti!

Pelo que pude perceber, as fotos de teus trabalhos foram tiradas em um ambiente de alguma instituição especial, alguma escola?

Aqui temos uma grande (enorme!) instituição para os limites da visão, chamada Instituto Benjamin Constant, onde se tem abrigo, cursos profissionalizantes, palestras, etc... e absolutamente tudo em favor daqueles que necessitam de ajuda para se desenvolverem e se adaptarem novamente ao mundo que os cerca.

Espero não estar invadindo demais a sua vida!

Beijos!

Deus Sempre!

Pra ti e os teus!



Um comentário:

Gisele Claudya disse...

Te conheci hoje quando vi um pps teu e já te achei aqui tb. ehehe
Parabéns. Teus trabalhos são lindos.
Um dia irei conhecer Penedo.
Beijocas
Gisele